Fui ativista estudantil (1967/68). Militante clandestino (1969/70). Preso político (1970/71). Tenho travado o bom combate, lutando por um Brasil mais justo, defendendo os direitos humanos, combatendo o autoritarismo.

Sou jornalista desde 1972. Crítico de música e de cinema. Cronista. Poeta. Escritor. Blogueiro.

Tentei e não consegui eleger-me vereador em São Paulo. Mas, orgulho-me de ter feito uma campanha fiel aos objetivos nortearam toda a minha vida adulta: a construção de uma sociedade igualitária e livre, tendo como prioridades máximas o bem comum e a felicidade dos seres humanos.

Em que a exploração do homem pelo homem seja substituída pela cooperação solidária do homem com os outros homens. Em que sejam finalmente concretizados os ideais mais generosos e nobres que a humanidade vem acalentando através dos tempos: justiça social e liberdade.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

domingo, 19 de novembro de 2017

sábado, 18 de novembro de 2017

Náufrago da Utopia: A DIFÍCIL VIDA DO BRANCO, HETERO E RICO

Náufrago da Utopia: A DIFÍCIL VIDA DO BRANCO, HETERO E RICO: Por Eduardo Mahon   O Ives Gandra não é negro, nem homossexual, nem índio, nem sem-terra e pergunta como vai fazer para viver no Brasi...

Náufrago da Utopia: IVES GANDRA FILHO TROMBETEIA QUE NÃO É NEGRO, GAY ...

Náufrago da Utopia: IVES GANDRA FILHO TROMBETEIA QUE NÃO É NEGRO, GAY ...: Mesmo quem detesta o Temer tem de reconhecer este mérito dele: não escolheu Gandra para o STF! Q uando não está ajudando os podres de ...

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Náufrago da Utopia: CORINTHIANO SIM. POR QUE NÃO?

Náufrago da Utopia: CORINTHIANO SIM. POR QUE NÃO?: M eu post antecipando o heptacampeonato surpreendeu um comentarista: ele não me supunha corinthiano.  Isto me levou a pensar um pouco so...

quarta-feira, 15 de novembro de 2017